Buscar
  • Dagomir Marquezi

Projeto-Objeto


Eu aprendi muita coisa com Frank Zappa (1940-1993). Zappa foi um dos maiores músicos/compositores do século 20, e infelizmente se foi jovem demais.


Um dos seus conceitos que mais me ajudaram foi o de "projeto-objeto". Enquanto os outros músicos e bandas iam gravar um álbum, Frank gravava tudo. Ensaios, shows diálogos com seus músicos, sons ambientes, a participação da plateia em seus shows, o que pudesse ser gravado. Em seus discos, Zappa misturava esse material como uma colagem. E essa é uma das razões pelas quais sua obra é tão original.


Eu sigo esse princípio no reino da escrita. Guardo pedaços de obras, registros do passado, simples anotações, imagens, registros pessoais. Não sei como tudo isso vai chegar ao público. ou mesmo se vai chegar. Não importa. Eu continuo produzindo e juntando o que produzo. O próprio Zappa adaptou (na sua autobiografia) seu conceito à arte da escrita: "Um romancista inventa um personagem. Se o personagem é bom, ganha vida própria. Por que ele deveria aparecer somente uma vez? Ele pode surgir em qualquer momento num futuro livro".


#FrankZappa #musica #Zappa

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo