Buscar
  • Dagomir Marquezi

5 regras para se preservar amizades durante a guerra civil


Estamos numa guerra civil nesse período eleitoral. Não usamos armas ou bombas, mas posts e mensagens desaforadas no whatsapp. Bloqueamos grandes amigos do passado nas redes sociais, espumamos de ódio ao ver que eles têm uma posição tão antagônica à nossa.


E, no entanto... certas amizades devem durar para sempre apesar das diferenças políticas. Recentemente tive uma demonstração disso ao trocar minha foto no Facebook por uma atual. E de repente lá estavam mais de 150 curtidas de amigos e amigas, a grande maioria dos quais provavelmente discorda do que eu penso em matéria de política. Eles estavam apenas celebrando o fato de que eu estou vivo e ativo. É de emocionar.


Não quero perder esses relacionamentos. Então adotei alguns procedimentos:


1) só falo de política no Twitter. Lá é minha tribuna pública, onde eu não me relaciona com quem pensa muito diferente de mim.


2) não falo de política no Facebook. Ali é o ponto de encontro, o "bar" onde todos se reúnem. Infelizmente nem todo mundo pensa assim, e o que temos é um alto grau de toxidade. Paciência. Eu faço minha parte para não alimentar a fogueira.


3) no Linkedin, só trato de assuntos profissionais, respeitando o propósito da rede.


4) no meu site e no meu blog eu posso me posicionar, mas de uma maneira positiva, sem destruir quem pensa diferente de mim.


5) no Whatsapp, eu não entro em grupos políticos. Minha relação é pessoal. Dependendo da pessoa, eu falo ou não falo de política. Não fico empurrando meu ponto de vista goela abaixo dos outros.


Sei que parece uma visão ingênua nesse tiroteio constante. Mas eu sei o que quero, tenho firmeza nas minhas opiniões e na minha experiência. Não preciso passar meus dias berrando nas redes "vou votar em X" ou "quem vota em Y é um imbecil". Mesmo que ache isso. O importante é não piorar um clima já pesado com declarações impulsivas e emocionais. Terminada a eleição, estaremos todos no mesmo barco.


PS - quanto ao Instagram, nem considero aquilo uma rede social. Para mim é um álbum de fotos. Usar aquilo para "dar o recado" me parece fútil.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo