top of page
Buscar
  • Foto do escritorDagomir Marquezi

A arte da playlist


Imagem: DM/Dall-E


São Paulo SP

Eu realmente jamais entenderei os saudosistas e tecno fóbicos. Para quem ama música e depende dela, nunca existiu uma era como agora, de tanta fartura e qualidade por um preço tão baixo.


Streaming para mim é papo muito sério. Tanto, que não assino Spotify. Eles se negam a dar um upgrade na qualidade de seu som. Com todo dinheiro que o Spotify tem, acho essa decisão deles quase ofensiva. Prefiro aplicativos como o Qobuz, o Tidal e a Apple Music, que respeitam mais seus clientes e nos oferecem som de qualidade.


E uma coisa que eu adoro fazer nesses serviços de streaming é montar playlists. Tenho várias, muito específicas. Playlists de festa, de ambiente de bar, de música acústica, uma playlist com as músicas que eu gostaria de ouvir com meu pai, outra de rock, uma de funk (o verdadeiro), e assim por diante. Gosto tanto de fazer isso que às vezes apago a playlist para começar tudo de novo.


Essa é a minha playlist dedicada ao jazz no Tidal:



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page