top of page
Buscar
  • Foto do escritorDagomir Marquezi

Uma Tarde com Paul Gauguin


Eu trabalho na Avenida Paulista e passo muitas vezes em frente ao MASP. A última vez que estive lá tive uma má impressão. Havia uma grande reforma no museu e suas principais obras estavam guardadas no subsolo. Havia muita coisa ruim exposta.


Hoje minha mulher, Lídice, me convenceu a voltar lá. E tive uma surpresa muito agradável. E motivo de orgulho. Em primeiro lugar pela exposição com obras de Paul Gaugin. Sua obra estava bem representada, com uma pitada de cada estilo e cada técnica. A pior parte foi aguentar os textos ridiculamente politizados que chegavam a misturar Gaugin com identidade não-binária. Fora isso, me deu orgulho de estar na "Quinta Avenida" paulistana, vendo de perto obras de grande importância para a história da arte. Já frequentei alguns dos melhores museus do mundo, o MASP ainda está longe de entrar nessa lista, mas essa exposição é um grande programa para quem estiver na cidade.



Two Taitian Women - Paul Gauguin - 1899


E depois fomos até o andar da exposição permanente. Passando a primeira fila de obras - igualmente a serviço da demagogia barata - o restante da visita foi um grande prazer. Grandes autores brasileiros estão representados, assim como os principais mestres universais. Van Gogh ao lado de Tarsila do Amaral, Bosch ao lado de Di Cavalcanti etc. Vale o preço, especialmente se você estiver na categoria "idoso" como eu.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page